quarta 23 setembro 2020
Fique Sabendo

INCERTEZAS – Companheiros políticos, correligionários e simpatizantes estão estranhando cada vez mais o estilo semirecluso

INCERTEZAS – Companheiros políticos, correligionários e simpatizantes estão estranhando cada vez mais o estilo semirecluso adotado pelo prefeito Flávio Prandi Franco (DEM) em pleno ano eleitoral. Já há quem coloque em dúvida a candidatura à reeleição. Dia desses, por exemplo, um de seus assessores, com alta quilometragem em campanhas eleitorais, confidenciou em tom de questionamento: “não sei o que está acontecendo com o Flá. Fiz um rastreamento dos pistoleiros de aluguel que o criticam nas redes sociais, identifiquei a origem e a motivação ($$$) dos ataques e enviei mensagem para ele pelo WhatsApp. O prefeito visualizou, mas não deu retorno. Será que ele não está a fim de tentar o segundo mandato?”

LOUCURA - O que se sabe, por enquanto, é que o prefeito está muito preocupado com a condução da cidade em plena pandemia de Covid-19. E demonstra um certo incômodo quando o apertam sobre candidatura. “Como é que eu posso sair por aí pedindo voto, cumprimentando o povo, batendo nas costas e distribuindo sorrisos sabendo que posso encontrar pela frente pessoas que estão com parentes internados ou em isolamento domiciliar? Imagine o constrangimento que seria pedir voto para quem perdeu algum ente querido. Por enquanto, ainda não fiquei louco nem perdi a noção da realidade”, desabafou Flá a um assessor de absoluta confiança.

REGRAS DO JOGO – Aprovada por unanimidade na sessão ordinária da última segunda-feira, dia 27, após uma guerra de requerimentos apresentados, de um lado pelo vereador Vanderley Vieira dos Santos, o Deley (DEM) , e de outro pelos vereadores Luís Henrique Viotto, o Macetão, e Claudecir José dos Santos, o Tupete (PSD), a Comissão Especial de Inquérito para investigar a má qualidade dos serviços e o valor das parcelas do Conjunto Habitacional Honório Amadeu será instalada oficialmente amanhã, dia 3 de agosto.

REGRAS DO JOGO (2) – A CEI das Casinhas, como está sendo chamada na boca do povo, terá três integrantes escolhidos pelos líderes dos partidos. A escolha foi feita no final da manhã de sexta-feira, 31, e anunciada pelo presidente Nivaldo Batista de Oliveira, o Tiquinho. Seus componentes serão: Luís Henrique Viotto (presidente), Kazuto Matsmura (vice-presidente) e Vagner Selis (relator), de acordo com a filiação de cada um no início da legislatura, quando tomaram posse, como estabelece o Regimento Interno da Câmara.

COMO SERÁ – As oitivas das testemunhas arroladas pela CEI serão presenciais. Segundo o diretor de Secretaria da Câmara, Marco Zampieri, o Plenário Tancredo Neves, onde ficam os vereadores durante as sessões ordinárias, tem espaço físico suficiente para o funcionamento do colegiado sem riscos à saúde dos participantes. Fábio Galan, diretor da Divisão de Secretaria, explicou que cada oitiva terá a presença de apenas sete pessoas: os três vereadores membros, o assessor jurídico da Câmara, um assessor da Secretaria, o depoente e, se for o caso, acompanhado de seu advogado.

BENÇÃO OU FESTA? – O padre Valdair Rodrigues, vigário da Catedral, manifestou sua estranheza diante do pequeno número de caminhoneiros que foram receber a tradicional benção ministrada há 32 anos no Dia do Motorista, em 25 de junho. Em sua página nas redes sociais, o sacerdote não resistiu a uma pequena reflexão mesclada com leve alfinetada: “Hoje, me questionei sobre a benção dos veículos. Será a pandemia ou a ausência da festa que muitos caminhoneiros não compareceram? Qual é então a motivação maior: a benção ou o festejo?”. Como é tradição, no Dia do Motorista, logo após a benção dos veículos na Rua 11, ao lado da Catedral, os irmãos da estrada se reúnem festivamente embalados por shows de música sertaneja, churrascos e muita cerveja. Como não teve nada disso este ano em razão da pandemia, o padre Valdair fez o questionamento aludido em parágrafos anteriores.

GLACÊ – Por falar em clima de festa, hoje, dia 2 de agosto, o vereador Bismark Jun It Kuwakino, completa 56 anos. Como ele tem presença permanente em todas as ações comunitárias, principalmente as de caráter filantrópico, o natural é que, por telefone, WhatsApp e pelas redes sociais, as pessoas que reconhecem sua dedicação haverão de se manifestar de maneira calorosa. Justiça seja feita. Independentemente de ter sido eleito vereador, ele sempre foi um desinteressado servidor da comunidade.

GURU- Josi Amorielli, ex-assessora especial, agora é a nova titular da Secretaria Municipal de Comunicação da Prefeitura de São José do Rio Preto. Ela assumiu o posto do jornalista, professor universitário e escritor Mário Soler, que se afastou por razões pessoais. Sobre o assunto, o colunista político do jornal Diário da Região escreveu uma nota que, por tabela, enche a bola de um nome familiar aos jalesenses: o publicitário Saulo Nunes, dono da agência Preview. Vale a pena transcrever: “Josi tem vínculo antigo com Edinho. Ela já estava na campanha do emedebista à Prefeitura em 2004. Ela foi treinada nesse meio pelo grande guru político do emedebista, o marqueteiro Saulo Nunes, a quem se atribui boa parte da história de sucesso do ex-prefeito de Santa Fé do Sul nas urnas”. Embora fique durante a semana em Rio Preto, Saulo não abre mão de passar os fins de semana em Jales, ao lado da esposa Taísa, na chácara da família, na Subida Preta.


Desenvolvido por Enzo Nagata