jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Jalesense Cavano em dia de fúria

Observatório FÁBIO FIORANI
10 de junho de 2018
Você já ouviu falar do filme Um Dia de Fúria, com os espetaculares atores Michael Douglas e Robert Duvall. Um clássico que conta a história da explosão emocional de um homem de meia-idade, estressado com alguma coisa naquele dia. Frustrado com o trânsito, o homem fica enfurecido, quando seu carro quebra em um engarrafamento gigante em uma das rodovias da área de Los Angeles. Um clássico! 
Pois parece que tivemos aqui em Jales um fato semelhante. O pacato e gentil comerciante Ailton Cavano, um afamado mestre-cuca nas horas vagas, terminava seu dia de trabalho na cidade de Palmeira d’Oeste ao final de um daqueles dias da greve dos caminhoneiros. Ao ver o trevo da cidade bloqueado, o Cavano teria retornado e tentado deixar a cidade por uma estrada de terra. Consta que teria sido visto e seguido por um grupo disposto a impedir sua passagem. Eis que acontece a transformação. O pacato cidadão jalesense transforma-se num poderoso combatente, um verdadeiro samurai. Segundo uma testemunha, o grupo que teria tentado detê-lo só não sofreu baixas porque saiu da frente, até porque a caminhonete do Cavano mais parece um tanque de guerra (foto abaixo). Surpreendidos pelo que chamaram de “japonês louco”, os caminhoneiros do bloqueio teriam entrado em contato com o empresário da área de transportes, Jovenil Garcia, aqui da cidade de Jales, que, temendo pela integridade física do grupo da vizinha cidade, interveio. O Jovenil os teria alertado sobre a periculosidade do Cavano em momentos de ira como esse e os teria convencido a deixá-lo seguir. Tiveram sorte. Háháhá.  
Se foi verdade ou não, o fato é que o áudio do episódio virou meme nas redes sociais. Háháhá.   O Cavano tá tão famoso que tem gente apostando que se a eleição municipal fosse hoje, ele teria mais de mil votos para vereador. Háháhá.
Agora vamos amenizar o assunto. Vamos falar de coisa boa. Carne! A Casa de Carnes Favorita, ali na Rua Nova Iorque, a gente já conhece pela qualidade das carnes servidas. Só que agora, para acabar com nosso regime, o Joaquim, proprietário do local, resolveu fazer assados diversos aos domingos. Quem experimentou a costela assada garante que é difícil não voltar no domingo seguinte. Vixi! Salada de alface ninguém vende aos domingos. Háháhá. 
Cadê o Conselho Tutelar de Jales? E a promotoria da Vara da Infância? O fato que vou aqui expor é grave. O ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) é claro em seu artigo N.8069/90. “É proibido o uso de imagens e expor crianças ao ridículo, ou mesmo ao constrangimento”.  Pois foi o que se viu nas redes sociais durante a semana que passou. O meu amigo Wladimir Prandi, o famoso Gibão, postou foto da filha Vitória toda paramentada com o uniforme do Palmeiras. Uma judiação! Que culpa tem a garotinha pela escolha equivocada do pai? E onde estava a mãe Flaviane que não viu isso? Pais desnaturados. Só não vou mostrar a foto por que estaria sendo conivente. Háháhá. 
Meu amigo, você já passou dos 60 anos de idade? Então sente-se aí e preste atenção. Já está na hora de usar o dinheiro que você economizou a vida toda. Mas use-o para você. Pare de se preocupar com filhos e netos. Você já fez o possível. Deixe os passarinhos voarem sozinhos. Eles podem cuidar de si mesmos. Esqueça aquele investimento imperdível. Está na hora de ter paz e tranquilidade. Seja um pouco egoísta. Viaje, caminhe todas as manhãs, cuide de um animal de estimação, cuide de plantas. Aceite convites para tudo: casamentos, aniversários, formatura de piano dos netos. Vixi! Aí também não. Háháhá. Tenha uma religião, ria muito, ria de bobagens. Você já passou do tempo de beber uma cerveja ou um vinho ruim. Nunca diga “no meu tempo”. Seu tempo é agora. E ele não está tão longe assim de se acabar. Grandes dicas de Gustavo Krause.
Depois dessa, por hoje é só. Tchau! 

Fábio Fiorani 
(é coordenador pedagógico do CCAA de Jales e Fernandópolis)