jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Prefeitura já sabe como deverá funcionar a nova área azul

por Luiz Ramires
17 de julho de 2017
Na reunião com vereadores o secretário de Planejamento, Nilton Suetugo explicou como a área azul deverá funcionar
Depois de uma reunião com um grupo de vereadores, o secretário municipal de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana, Nilton Suetugo anunciou algumas medidas que deverão ser adotadas, antes da contratação da nova empresa que deverá administrar a área azul.
A reunião teve a participação do chefe de gabinete da secretaria Wellington Lima Assunção, do procurador jurídico da Câmara Rodrigo Vitoriano e dos vereadores Fábio Kazuto (PSB), Vanderley Vieira, oDeley (PPS), Bismark Kuwakino (PSDB), Chico do Cartório (PMDB) e Vagner Selis, o Pintinho (PRB).
A reunião foi importante para que a Prefeitura possa elaborar um novo projeto lei para submeter à aprovação da Câmara para contratar a nova empresa que deverá trabalhar com mais tecnologia e eficácia, como afirmou o secretário.
O secretário afirmou que já recebeu a visita de várias empresas interessadas que apresentaram propostas que incluem sistemas de operação através de celular, cartões e cartãode crédito para o estacionamento no centro. Com isso o motorista não precisa ficar procurando o vendedor do cartão e o controle passa a ser mais rigoroso. Quem não pagar, deverá ter 15 minutos para fazê-lo e se não pagar deverá ter 48 horas para pagar e não ser autuado. Se mesmo assim não pagar, será multado e perderá pontos na carteira.
A reestruturação da área azul, que já era reivindicada há alguns anos, principalmente através de requerimentos apresentados pelos vereadores à administração municipal ganhou força com a desistência da Tetran em continuar explorando o serviço, em 14 de junho deste ano. Desde então, a Prefeitura vem preparando uma nova licitação que deverá ser aberta depois da aprovação da nova lei sobre o assunto.