quarta 14 abril 2021
Artigo

Tirem os epidemiologistas da TV

A aprovação de uma vacina, seja para registro definitivo ou para uso emergencial, não deve ser coisa simples. No Brasil a responsabilidade das análises e aprovações é da Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária). E não é um trabalho rápido, mas os resultados das análises no Brasil seriam muito mais rápidos se os epidemiologistas da Anvisa estivessem trabalhando ao invés de estarem na Globo News e CNN o dia inteiro dando as mesmas explicações técnicas. Háháhá. O pessoal gostou das câmeras de TV. Háháhá.

E o deputado Daniel Silveira está preso por ofensas aos ministros do STF. Vixi! Se colocarem um agente infiltrado para gravar as conversas na padaria onde encontro os amigos para bebericar e conversar, vamos todos ser condenados à morte por fuzilamento. Háháhá. Depois de levar choque nos genitais. Háháhá.

Você acha que a coisa está ruim para você? Então imagine a situação do ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia que não pode mais viajar de jatinho particular do governo e vai ter que entrar num voo comercial cheio de meros mortais. Háháhá. Vai ser xingado toda vez que voar.

Eu tenho um vizinho que é louco. Todo dia eu vejo o rapaz conversando longamente com o cachorro dele. Contei essa história para o meu gato Mimo e nós rimos muito.

A gente começa a ficar com medo da Covid-19 quando pessoas conhecidas começam a morrer. Mas o pior de tudo é ver a rapidez com que as pessoas esquecem da gente. E a dor fica apenas com os familiares. E aqueles com os quais a gente se importava em manter as aparências nos esquecem em poucos dias. É a Covid-19 nos ensinando a dar valor àqueles que realmente importam. Credo!

E a Tati queria jantar num lugar bem caro para comemorarmos uma data especial para a gente. Pensei na Marina Sabores em Santa Fé do Sul ou em algum posto de combustíveis em Jales. Advinha onde comemos? Háháhá. Nem a Marina compete com os postos de combustíveis em Jales. Háháhá.

E o coronavírus no Brasil parece que tem duas variantes. Poderia ser pior. Poderia ser dois Fiat Unos. Vixi! Que piadinha escrota. Háháhá.

E por falar em comida, dia desses comi a porção de torresmo do Marcelo Lopes, que comanda os comes e bebes do Posto Chiquinho, perto da rodoviária de Jales. Pensa numa porção de torresmo deliciosa. Se a idade e o peso permitissem, eu comeria dia sim, dia não. Háháháhá.

Só troco a porção de torresmo do Marcelo por uma dose de vacina contra Covid-19.

Por hoje é só. Tchau!

 Fábio Fiorani

(é coordenador pedagógico do CCAA de Jales)

Desenvolvido por Enzo Nagata