domingo 25 julho 2021
Polícia

OPERAÇÃO PAN AMAZÔNICA: Polícia Ambiental apreende madeira irregular em Jales e região

Policiais Ambientais conseguiram interceptar caminhão com madeira irregular que vinha de Brasnorte (MT) e tinha como destino uma madeireira de Jales

Na última segunda-feira, dia 11, durante a realização da operação “Pan Amazônica” da Polícia Militar Ambiental, foi apreendida em Jales uma carga de madeira nativa irregular na Avenida Paulo Marcondes.

De acordo com os policiais, o caminhão passou por vistoria e o motorista apresentou a documentação para o transporte de produtos florestais e toras de madeira. Porém, os policiais ambientais constataram irregularidades de acordo com a licença obtida.

Sendo assim, foram apreendidas 16,8 m³ de madeira nativa que estava vindo de Brasnorte (MT) e tinha como destino uma madeireira localizada em Jales. O motorista responsável pelo transporte foi multado em R$ 5 mil.

PALMEIRA D’OESTE 

Também na segunda-feira (11), durante patrulhamento em Palmeira d’Oeste policiais ambientais autuaram em R$24.244,95 uma madeireira por irregularidades no depósito da empresa.

A equipe policial efetuou a medição das madeiras existentes no pátio da empresa, peça por peça, e foi constatada divergência com o saldo de madeiras existente no Documento de Origem Florestal (DOF), que pode ser declarado virtualmente pela própria empresa que comprova a quantidade de madeiras regularizadas.

A empresa foi multada em R$ 6.512,52 por ter madeira nativa depositada no pátio sem licença para o armazenamento e mais R$ 17.732,43 por vender madeira nativa sem a licença exigida pelo DOF.

A madeira apreendida permaneceu depositada na sede da empresa.

Em Palmeira d’Oeste, madeireira foi autuada em mais de R$ 24 mil por manter no depósito madeira sem Documento  de Origem Florestal


Desenvolvido por Enzo Nagata